Peça seu orçamento sem compromisso

Um linguajar simples e direto resolve tudo

Uma boa técnica de venda é ter um linguajar mais simples e direto. Situações como: escassez de tempo, impaciência e ansiedade, essas que são características do mundo de hoje, norteiam muito bem os motivos pelos quais se deve ter uma abordagem simples e direta tanto para o  público interno (colaboradores), quanto para o público externo (clientes), claro que guardando as devidas proporções.

técnicas de vendas e persuasão

Ser simples e direto

Ser simples e direto não significa abandonar a boa educação, a ponderação e ou razoabilidade. Pelo contrário, a fala paulatina e em tom baixo acalma os ânimos.

A palavra '‘venda’' nesse artigo tem um conceito estendido, ou seja:

  • em se tratando do público interno: a palavra venda está no sentido de pregar um novo conceito, alinhar ideias.

  • em se tratando do público externo: a palavra venda aí sim está em seu menor conceito, o de trocar algo por moeda.

Conclusão

Vender está muito mais para conquistar do que por impor. Em se falando de um cliente, conquistá-lo, significa que ele deposita confiança naquele que o atendeu.

Eu costumo definir que, hoje em dia, os vendedores devem se comportar muito mais como gerentes do cliente do que como vendedores, pois como gerentes, eles devem acompanhar aquele cliente e saber se o produto que ele adquiriu foi entregue, deve conhecer o manejo do produto para explicar ao seu cliente etc, mas sempre fazê-lo de forma simples e direta.

Já falando de colaboradores, ser simples e direto não significa determinar: 'faça', que tal usar 'o que você me diz de fazermos assim?'. Devemos lembrar que ideias e sonhos movem as pessoas, são verdadeiras engrenagens da motivação, muitas das vezes, impor sua condição pelo simples fato de o colaborar ser seu subordinado vai tornar você, enquanto gestor, um verdadeiro gargalo para sua empresa e não um vendedor, um gestor, como se deve ser.

Comentários

comments powered by Disqus